quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Resenha do livro Malditas - As Casas têm Atmosfera - Por Nina Maia

Autoras: Celly Borges, Debora Gimenes, Inês Montenegro, Luciana Minuzzi, Priscilla Rubia, Sheilla Liz e Valentina Silva Ferreira.

Sinopse
Nas histórias de horror, o tema casas desperta enorme interesse nos fãs do gênero. Muitos autores escreveram livros que se tornaram clássicos, cujos personagens principais são essas construções que assombram nossas mentes.

O assunto é repleto de simbolismo, magia, crueldade... E para o livro Malditas, as casas têm atmosfera, cada autora foi desafiada a se aventurar, sentir e transmitir ao leitor esse horror entranhado em todos os cantos.

Cada casa, depois de muito tempo abandonada, recebe novos habitantes, no entanto, não haverá o retrato da família feliz nem os sorrisos dos almoços de domingo.

As paredes ocultam os segredos e, quando menos se espera, eles voltam e presenteiam seus moradores com as atrocidades cometidas no passado e manipulam essas pessoas, que sofrem toda sorte de pesadelos reais.




Características:
Coleção Funesto Volume 2
Organização: Celly Borges
Editora Estronho
Capa: Alptraum
Projeto gráfico: Marcelo Amado
Revisão: Celly Borges e Marcelo Amado
Editor responsável: Marcelo Amado
Pags.:115


Resenha do livro:

“Escadas infinitas, bebês mortos, espíritos de homens violentos, fantasmas de crianças, incêndios, espíritos de mulheres assassinadas, quadros que mudam, pactos macabros. Tem de tudo um pouco nessa antologia repleta de casas amaldiçoadas e assombradas. Alguns contos são assustadores, outros angustiam, outros apenas nos prendem à leitura. Mas todos são bons e formam um livro que nos garante horas de distração imersos nesses pequenos universos com casas que jamais ia querermos visitar, que dirá morar."
Opinião sobre cada conto.

1º Conto: Escrito Com Sangue
O conto é narrado por um homem depressivo que não consegue esquecer sua ex e afoga suas mágoas no álcool. Ele herda uma casa decrépita e abandonada, onde vai morar, dando continuidade a sua vida miserável. Até o dia em que, ao subir a escada para o andar superior, ele percebe que ela não tem fim e então seu pesadelo começa. A história não é exatamente assustadora, porém é agonizante. E te faz pensar 2 vezes antes de subir uma escada outra vez."                                              
2º Conto: A Casa Grimlin
Uma mãe e suas filhas gêmeas se mudam para uma casa antiga e abandonada que compraram recentemente. Ao entrarem nela pela primeira vez, são recepcionadas por um fedor de podridão que as enoja e assusta. No entanto, a família não. se deixa abalar por isso. Nem pelo espírito que passa a perseguir uma das meninas. Menos ainda pela descoberta terrível que a mãe faz em um dos quartos. O que foi um grande erro. Essa é uma história assustadora que nos mostra do que o ser humano é capaz para conseguir o que quer"                        
3º Conto: Amarelo Para Sempre
Mãe e filha se mudam para uma casa velha em outra cidade em busca de uma nova vida. No entanto, sem terem outro lugar para ficar e com seu lar precisando de reforma, elas são obrigadas a lidar com todos os problemas que uma obra causa. Quando a menina pensa que tanto ela como a mãe encontram um bálsamo para ajuda-lás nesse momento, coisas estranhas começam a acontecer na casa, levando a garota ao desespero e deixando o leitor angustiado e com medo.
"4º Conto: Reflexo de Criança
Duas irmãs se mudam para uma casa grande que herdaram de um tio e, apesar do medo dos moradores locais, tudo parecia bem. Até o espírito de uma criança começar a atormentá-las. Essa história não é muito assustadora, na verdade é mais intrigante, pois te faz ir até o final em sua leitura por causa da curiosidade de saber a verdade sobre a tragédia que se desatou naquela casa no passado”.
5º conto: O Sobrado
Mãe e filha começam a ser aterrorizadas por espíritos que vagam por sua casa nova. O pai nada vê, nem escuta, mas, mesmo assim, resolve pedir ajuda, o que os conduz a uma descoberta apavorante. Esse conto é realmente assustador, mas é um pouco corrido devido, creio eu, ao limite de páginas. Se tivesse sido permitido a autora escrever livremente, tenho a certeza de que seria uma história de tirar o sono do leitor."
6° Conto: Mudanças
Uma Pequena família se muda por causa do emprego do pai. A nova casa no início, parece normal, como outra qualquer. Mas, com o passar do tempo e o nascimento do bebê que a esposa esperava, as coisas vão mudando, incluindo os quadros, que já estavam nas paredes da casa quando eles chegaram, os levando ao terror absoluto em um conto assustador que te prenderá até o final.
 7º Conto: Anne
No último conto dessa antologia, uma jovem arruma suas malas e parte para a casa que, surpreendentemente, herdara de sua avó. Mesmo sem entender porque a mulher que sempre a maltratou lhe deixou sua casa, ela resolve aceitar, já que há algum tempo não tem um lar. Mas, ao chegar, ela descobre que as coisas não são o que parecem e a casa esconde um grande mal. Esse não é o conto mais assustador dessa antologia, mas é tenso e surpreendente."



Sobre a resenhista
Nina Maia é solteira, nasceu em 6 de abril de 1981, cursou Pedagogia na Universidade do Estado da Bahia, fez Pós-Graduação de Gestão e Educação Ambiental na Faculdade de Ciências Educacionais, nasceu e cresceu no litoral da Bahia. Escreve nas horas vagas e pretende publicar um livro futuramente.

Nenhum comentário:

Follow by Email