terça-feira, 6 de outubro de 2015

Sobre Noturno de Chuck Hogan e Guillermo Del Toro



NOTURNO
·         Coleção: TRILOGIA DA ESCURIDAO, V.1
·         Autor: HOGAN, CHUCK
·         Autor: DEL TORO, GUILLERMO
·         Tradutor: REGO, SERGIO MORAES
·         Tradutor: REIS, PAULO
·         Idioma: PORTUGUÊS
·         Editora: ROCCO
·         Assunto: Literatura Internacional - Terror e Sobrenatural
·         Edição: 1
·         Ano: 2009

SINOPSE
Um Boeing 747 vindo de Berlim chega ao aeroporto JFK, em Nova York, e, subitamente, para na pista com todas as cortinas abaixadas, luzes apagadas e o sistema de comunicação em pane. Uma equipe de emergência cerca o avião e observa, incrédula, aquele caixão branco gigante em contraste com o céu noturno. O que se vê lá dentro é uma cabine similar a um túmulo onde todos parecem mortos. O alarme se transforma em terror quando se descobre que este misterioso acontecimento é apenas o primeiro de uma invasão que se estenderá por todo o planeta, uma onda sinistra que ressuscita os medos mais ancestrais da raça humana e dá início a uma sangrenta batalha entre homens e vampiros.

Não sou mais adepta a saga ou trilogias, ando com o meu tempo tão escasso que prefiro livros sem continuações, porém quando vi o primeiro episódio da série The Strain baseada nesse livro parei com tudo e comprei dois volumes, um em e-book e poucos dias depois em livro físico.
Comecei a ler em Março de 2015 e devorei o livro em quinze dias, mesmo com problemas de visão, mesmo com o tempo curto dei meu jeito.
O livro é muito bem detalhado, provavelmente com passagens únicas que não deve ter na série. A lenda que começa o livro é bem horripilante.  Sardu era uma criança bem alta, maior que qualquer uma em sua aldeia na Polônia, causava pavor em seus vizinhos e... (não darei spolier)
O protagonista da história Eph, luta contra o vício da bebida, contra o vício pelo trabalho no CCD, luta pela custódia do filho Zack e tudo isso no meio da loucura causada por um vírus que provoca a morte e depois trás as vítimas de volta a vida em forma de “vampiros”.
Abraham Setrakian é um velho relojoeiro que sobreviveu aos campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. O único que sabe o que realmente aconteceu com o Boeing 747, só que, não é levado a sério pelas autoridades, sendo difícil aproximar-se de Eph.
No decorrer do livro nossos heróis se encontram e com outras pessoas começam a combater a praga do vampirismo.
O conceito vampirismo nesse livro foi muito bem usado, é totalmente diferente de outras histórias uma mistura de vampiro, zumbi, alienígena... Sei lá, diferente é bom.
Del Toro e Hogan souberam manter o suspense da história até o fim do livro que me deixou com gosto de quero mais.


Follow by Email